You are here

Alimentação na menopausa

Alimentação na menopausaOs alimentos ingeridos na menopausa podem ser um forte aliado das mulheres. Conheça melhor o papel da alimentação nesta fase.

A menopausa é um processo biológico que se caracteriza pelo fim do período fértil da mulher, ocorrendo normalmente entre os 40 e 60 anos de idade, o que depende sobretudo de factores genéticos e também do estilo de vida.

Este é um estágio na vida da mulher que provoca uma diminuição dos níveis de estrogénio, que por sua vez afecta a composição corporal e a estrutura da pele, ocorrendo uma perda de elasticidade e diminuição da massa muscular.
À medida que os níveis de estrogénio diminuem, aumenta o colesterol e os triglicéridos. A captação de cálcio pelos ossos também fica afectada, pelo que o risco de aparecimento de doenças cardiovasculares e osteoporose aumenta.

O papel da alimentação na menopausa

  • A alimentação deve sofrer uma redução de 200 a 400 kcal diárias, devendo ser pobre em gorduras e açúcares, e rica em frutas, vegetais, fibras e grãos.
  • A ingestão de cálcio e vitamina D é fundamental, pelo que deve consumir alimentos como a soja, leite desnatado e seus derivados.
  • O magnésio, que também ajuda a complementar a dieta, pode ser encontrado nos cereais de trigo integral, castanhas, carnes, leite, vegetais verdes e legumes.
  • Bebidas como café, chá, colas e outros refrigerantes devem ser evitadas ao máximo, assim como bebidas alcoólicas.
  • Evite também alimentos ricos em sódio.
Outras recomendações
  • A prática regular de exercício físico ajuda a manter o peso ideal, para além de reduzir a pressão arterial e prevenir o aparecimento da osteoporose e de doenças cardiovasculares.
  • A glicemia, os níveis de colesterol, triglicéridos e pressão arterial, devem ser controlados regularmente.
  • Algumas técnicas de relaxamento e meditação ajudam a ultrapassar melhor os sintomas característicos da menopausa.
  • Não deve fumar.

 

User login